Campanha Anti-Plágio

Pamela Chris

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Blogosfera Anti-Plágio

Bom, dia pessoal, postando cedo hoje, não? Vou explicar porquê: Há um tempo atrás eu vi um burburinho no twitter porque havia blogs com resenhas plagiadas, ou seja, que não eram da pessoa. E os verdadeiros donos das resenhas não levavam nenhum crédito. Eu, como escritora de livros, ficaria muito chateada se, depois de meses trabalhando numa história, visse outra pessoa dizendo que era dela. Não é algo que se faz, não é legal.
É quase a mesma coisa que você trabalhar arduamente para comprar seu tão sonhado (pense naquele objeto que você quer) e vir um bandido e roubar. Sinceramente, não vejo muita diferença de plágio para roubo.
E hoje vários blog entraram em parceria contra o plágio, postando isso o que vocês estão vendo agora ao mesmo tempo.
Talvez você não tenha um blog, mas escreva como eu. Ou talvez não, mas também não goste de roubo, principalmente de ideias. Então apoiem essa ideia, divulguem, usem a hashtag #BlogosferaAntiPlagio nos seus tweets, denunciem! Vamos todos unidos!


Bjs
Pamela Chris


Então é assim: você pega aquele seu livro bacana da estante. Abre, começa a ler. Presta atenção em todos os detalhes, cola post-its, faz anotações. Pensa em como aquela frase vai fazer o maior efeito na sua resenha. "Poxa, acho que os leitores vão gostar disso". Às vezes, você embarca na história. De outras, deixa até mesmo o seu prazer de lado para pensar em como vai apresentar sua opinião aos leitores do seu blog. Aí você, incauto blogueiro, termina a leitura. Pega seu livro, seu caderninho de anotações, seu arquivo com notas, o que seja; e vai para a frente do computador. Passa umas boas duas horas pensando em como irá traduzir em palavras o que sentiu durante a leitura. Se não usa a sinopse oficial do livro, gasta mais duas horas escrevendo uma sinopse personalizada, tomando aquele cuidado especial para não colocar nenhum spoiler.
Então vem a fase de revisão. Você lê, relê. Muda frases de lugar, ajusta conceitos. Reformula ideias. Talvez apague tudo e recomece. Afinal, você é um blogueiro responsável. Quer que seu texto saia o melhor possível, que os leitores puxem lencinhos e se emocionem com você, ou que leiam e riam porque você também riu lendo aquele livro. E você procura imagens. Capas de várias edições pelo mundo. Imagens em gif que traduzam seu surto ao ler aquela história. Trilhas sonoras que acompanharam sua leitura. Imagens que ilustrem o quanto você foi afetado pelo que o autor te contou naquelas páginas.
Quem sabe você não seja tão perfeccionista e só escreva seu texto, tomando o cuidado de ver se não tem nenhum errinho. Tudo bem. Deu trabalho do mesmo jeito escrever as coisas da melhor maneira que você sabia. Tudo isso te custou tempo. Aquele espaço entre seus dois empregos. Suas horas de folga que podiam ser empregadas em outras formas de lazer. Minutos e mais minutos madrugada adentro, em que você poderia estar dormindo. O drama pode parecer exagerado, mas muitos blogueiros deixam o lazer e o sono de lado pra manter o blog! Mas você ama ler. E ama seu blog. Ama escrever e ama o que faz  e é por isso que você está ali, persistente. Criando seu próprio conteúdo. ...Tudo isso para vir um babaca chupinhador e roubar seu trabalho suado de horas em alguns poucos segundos, postando aquilo que você deu o sangue pra criar como se fosse dele. SEM CRÉDITOS. Enganando a todos: aos leitores, que nem sempre sabem do que o kibador é capaz; às editoras e autores que inadvertidamente fecham parcerias com tais blogs... e a ele(a) mesmo(a), que anda por aí achando que ninguém percebe a grande e robusta mentira que é.


PLÁGIO É CRIME. É ANTIÉTICO. RESPEITE O TRABALHO DE QUEM CRIOU O CONTEÚDO. QUER MANTER UM BLOG? ESCREVA VOCÊ MESMO! (Ou fique na sua, que é melhor pra todo mundo. E mais respeitoso também.)
Esse post é parte de uma postagem coletiva contra o plágio na blogosfera. Acesse o site "Blogosfera Anti-Plágio", saiba mais sobre o assunto e veja quem mais apoia essa causa.

2 comentários:

  1. #BlogosferaAntiplagio É a blogosfera unida contra essa prática que, além de antiética, é ilegal.

    ResponderExcluir
  2. Não só apoio, como tb participo da ação! Temos mesmo que nos unir!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir

Outros livros:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...