Campanha Anti-Plágio

Pamela Chris

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O Segredo de Eva - Adriana Vargas

Bom dia!!!!
Há muito tempo eu tenho ouvido falar de Adriana Vargas, e fiquei muito feliz quando consegui uma parceria com ela. Porque todos dizem que os livros dela são ótimos, e eu estava super empolgada até então. Infelizmente, meu decepcionei.
O livro dela é mesmo bom, mas não bate com o meu estilo. Por isso não gostei tanto, embora, como vocês verão, é uma história impressionante. Na verdade tive a sensação de quase ler Machado de Assis (que vocês sabem que eu tbm não sou chegada. Não devia levar um mês ou dois p/ ler um livro...)
Bem, espero gostar mais dos livros dela (estou participando do BT de todos) e trazer resenhas mais positivas.

"As paredes vão tremer diante de um segredo… Eva, estranha e antissocial, descobre grandes tragédias intimas, desvendando os mistérios sobre seu amor clandestino e o verdadeiro valor da amizade pelos amigos que lhe ensinaram a viver. Ela guarda, a sete chaves, um segredo que poderá mudar, não somente sua vida, mas a vida de todos a sua volta. O destino das pessoas que ama, está em suas mãos. Uma obra adulta que persegue os passos literários “claricence”, pelo modo intenso, ofegante e degenerado do amor de Eva por alguém que a sociedade e os dogmas irão condenar. E você, condenará? Todos os conceitos estão sujeitos à revisão. Nada mais será como antes…"

Em uma palavra: Impressionante
Nota: 






AI, QUE ÓDIO, QUE ÓDIO, QUE ÓDIO!!!!
Desabafei. Agora posso começar minha resenha decentemente.
Desde o início somos apresentadas a Eva e seus amigos, assim como conhecemos sua amargura. Compreensível, aliás, que ela queria se afastar das pessoas, esconder seus sentimentos e principalmente seu medo de se apaixonar.
O livro todo é bem poético, com os devaneios de uma escritora apaixonada, suas inseguranças, seus sonhos acordados. Me lembrou um pouco o estilo de Machado de Assis, e talvez por isso eu não tenha gostado tanto do livro. A escrita definitivamente não faz o meu estilo, mas, bem, é o que os grandes leitores buscam. Queria ter sentido mais da obra, mas não consegui absorver sua complexidade.
Só que o final mudou tudo. Sério, ele é impressionante. Me fez mudar completamente o modo de ver o livro e, principalmente, de entender Eva. Ela é o fruto da maldade e egoísmo humano, aquela pessoa em que sua vida toma um rumo que não quer e por um motivo que talvez nunca venha a descobrir.
Com quantos isso não deve acontecer, agora me pergunto? Quantos não carregam o mesmo segredo que ela e ainda estão envolvidos em outros desconhecidos, como o apresentado no epílogo?
Esse é um livro que nos faz rever nossos conceitos e olhar bem à nossa volta, tentar descobrir onde estão as rosas e onde se escondem os espinhos. Um lembrete que nossa vida não pode ser traçada pelas nossas próprias mãos, e que nossas decisões e rumos estão intrinsicamente ligados como numa teia, envolvendo tudo e todos.
Amei a amizade dela com Chris. Ele é mesmo um garoto especial, que não sabe condenar e que está ali sempre ao seu lado. Precisamos de mais pessoas como ele. Por mais da metade do livro eu odiei Tom. Agora, não sei o que pensar. Ele é encantador, romântico e não sei se posso culpá-lo por seu egoísmo. Uou, acho que isso é um tapa na cara da sociedade.
É preciso ter mesmo uma mente aberta para lê-lo, não apenas para não fechar a cara diante de algumas situações mas também para compreender os personagens. Não tem aquele final feliz, mas também não é um final completamente triste. Foi o que aconteceu, e mesmo que pudesse ter sido diferente, não foi. E nada poderia fazer voltar atrás.


3 comentários:

  1. Oi Pamela.
    Eu comecei a ler ontem, já estou quase acabando rs
    Já estou imaginando mil finais, mas, pelo visto, vou me surpreender rs

    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Pamela eu li me esbaldei e encarnei Eva rs
    A história de Eva se só contada é tão igual qualquer outra história de amor, porém a forma que foi narrada que mexeu comigo, a história de Eva não é pra ser ouvida , ela é pra ser sentida. (defendendo meu romance! risos.)
    Muito boa a sua resenha,não gostou, não gostou tá certo! Mas soube colocar isso sem desmerecer o livro.
    Agora qto a Machado de Assis, nada a ver, estilos completamente diferentes e de novo na defesa rs amo Machado!!!
    Bjs
    http://mundoliterando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ai, Pam, que pena que vc não gostou do livro. Ainda não conheço a escrita da Adriana e não conhecia este livro. Bem, não vou te falar que está na minha wishlist, pq não tá. Não sei muito o que pensar dele rs.

    Beijo!

    ResponderExcluir

Outros livros:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...