Campanha Anti-Plágio

Pamela Chris

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Liberdade

Sou do tipo de pessoa que tem que escrever pelos menos 250 páginas de um livro (atualmente o que eu terminei tem 434 páginas). Porém estava vasculhando meu computador e encontrei um trabalho de escola.
Como o texto ficou legal,vou postá-lo aqui:

LIBERDADE

As pessoas podem achar que ser livre é poder chegar em casa mais tarde, beijar à vontade, usar drogas, ou até mesmo dirigir um carro.
Mas nem tudo fazemos em liberdade.
Eu sou livre para usar drogas. Elas estão em todo canto, ninguém pode me impedir. Mas a partir do momento que eu uso da minha liberdade para fazer essa escolha, já não sou mais livre. A droga me escravizou.
Sou livre para beber cerveja, vinho, ice. Qualquer bebida alcoolica. Mas aí me tornarei escrava do álcool.
Posso muito bem ir para uma balada, e beijar quem eu quiser. Quando eu quiser. Mas aí, já não sou mais livre. Sou escrava de meus desejos.
Posso apontar uma arma para a cabeça de alguém e matá-lo. Eu sou livre para tomar essa decisão. Mas depois me torno escravo da culpa.
Posso pegar essa mesma arma e apontar para minha cabeça, a fim de me matar. Sou livre. Posso fazer isso. Mas me tornarei escrava da morte, da qual nunca vou me libertar.
Sim, é verdade que somos livres para fazer qualquer coisa. E todas as nossas decisões nos levam para caminhos diferentes. Temos apenas que tomar cuidado para que esses caminhos, que escolhemos com tanta liberdade, não nos leve à escravidão.
Posso tudo, mas escolho não poder nada, para não me tornar escrava de decisões erradas.


Espero que gostem.
BJS

Um comentário:

Outros livros:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...